O Galícia estreou no Baianão 2017 arrancando um sofrido empate de 1 x 1 contra o Flamengo, em Guanambi. O time Azulino, que não conseguiu regularizar todos os seus atletas durante a semana (apenas dezesseis jogadores estavam em condições de jogo), mostrou muito pouco entrosamento e padrão de jogo, e foi completamente dominado pelo adversário durante todo o jogo.

O Flamengo de Guanambi abriu o jogo aos dois minutos de jogo, após uma falha do goleiro galiciano Danilo. Daí em diante, houve uma sucessão de oportunidades perdidas pelos guanambienses, para desespero da torcida local. No primeiro tempo, Danilo ainda teve tempo de se redimir, ao defender um pênalti.

No entanto, seguindo a velha máxima do futebol, de que “quem não faz, toma”, a equipe granadeira, certamente com uma mãozinha (ou um pezinho) do apóstolo Santiago, conseguiu resistir bravamente e, aos 40 do segundo tempo, empatou a partida, com um gol de falta de Rogério.

O técnico Sérgio Odilon, chamado às pressas para substituir o anterior treinador Carlos Alberto Roy, depois deste ter pedido demissão a poucos dias da estreia, com certeza viu-se aliviado pelo pontinho trazido do distante sertão. Ele terá mais uma semana para tentar preparar o time para o próximo confronto granadeiro, contra o Fluminense de Feira, no sábado, 04/02, em Pituaçu. Oxalá tenha sucesso!

Com o resultado de hoje, o Galícia ocupa provisoriamente a quinta posição no Campeonato Baiano, com um ponto, ao lado do Flamengo (faltando conhecer ainda o resultado de Bahia x Jacobina).

Parabéns aos atletas, que conseguiram superar as dificuldades!

Arriba, Galícia!

PS: Parabéns também à Rádio Cidade FM de Guanambi pela transmissão do jogo pela Web, pude assistir ao meu Galícia daqui da Alemanha!