Pesquisar no Granadeiros

Pesquisa personalizada

Siga o Granadeiros

Granadeiros Azulinos no Twitter  Granadeiros Azulinos no Orkut  

Enquetes

Não há enquetes.
03/10/2005 | 15 comentários

Campeonato Baiano 1968

Clubes participantes

Bahia (Salvador)
Bahia de Feira (Feira de Santana)
Botafogo (Salvador)
Colo-Colo (Ilhéus)
Conquista (Conquista)
Flamengo (Ilhéus)
Fluminense (Feira de Santana)
Galícia (Salvador)
Itabuna (Itabuna)
Leônico (Salvador)
São Cristóvão (Salvador)
Vitória de Ilhéus (Ilhéus)
Vitória (Salvador)
Ypiranga (Salvador)

Primeira Fase

Grupo A: Bahia, Botafogo, Conquista, Colo-Colo, Fluminense, Leônico, Vitória de Ilhéus
Grupo B: Bahia de Feira, Flamengo de Ilhéus, Galícia, Itabuna, São Cristóvão, Vitória, Ypiranga

Jogos do Galícia:

Galícia 1×0 Itabuna
Galícia 3×3 Bahia de feira
Galícia 1×1 Vitória
Galícia 3×2 São Cristóvão
Galícia 1×1 Ypiranga
Galícia 3×0 Flamengo

Galícia 3×3 São Cristóvão
Galícia 1×0 Bahia de Feira
Galícia 1×1 Itabuna
Galícia 2×2 Ypiranga
Galícia 0×0 Vitória
Galícia perdeu por WO para o Flamengo

Total do Galícia na Primeira Fase:

12 Jogos, 15 pontos, 4 vitórias, 7 empates, 1 derrota

Os quatro melhores de cada chave classificaram-se para o octogonal final:

Classificados Grupo A: Bahia, Vitória de Ilhéus, Conquista e Fluminense
Classificados Grupo B: Galícia, Vitória, Bahia de Feira e Itabuna

Octogonal Final

Galícia 3×0 Bahia de Feira
Galícia 1×0 Vitória
Galícia 3×0 Conquista
Galícia 1×1 Fluminense
Galícia 2×0 Itabuna
Galícia 0×0 Bahia
Galícia 1×0 Vitória de Ilhéus

Galícia 0×0 Itabuna
Galícia 0×0 Bahia
Galícia 3×0 Vitória de Ilhéus
Galícia 1×4 Conquista
Galícia 2×1 Bahia de Feira
Galícia 1×1 Vitória
Galícia 0×0 Fluminense (15/09/1968) – 19.930 pagantes

CAMPEÃO: GALÍCIA
Vice: Fluminense

Artilheiro do campeonato: Carlinhos – Galícia

Parcipação do Galícia:

26 jogos, 35 pontos, 11 vitórias, 13 empates, 2 derrotas

Presidente:
Aurelio Rodrigues Viana

Presidente do Deliberativo:
Raul Boulhosa

Técnicos:
Jorge Vieira e Enaldo Rodrigues (também foi jogador)

Massagista:
Secundino das Virgens

Médico:
Moysés Wolfovitch

Atletas:
Dudinha, Souza e Adilson (goleiros)
Roberto, Apanã, Helio Nylon, Mimi, Nelinho, Touro, Haroldo, Quinha, Enaldo, Chinesinho, Josias, Chiquinho, Nelsinho Leal, Valtinho, Carlinhos Gonçalves, Telê, Ouri, Ricardo Gonçalves, Florizel, Roberto Oliveira

Clique aqui para ver fotos do time campeão.

Fontes: Raymundo Quadros e Renato Santarém

  • Renato Santos Pereira

    sinto uma grande angústia por não saber o porque da queda do galícia, um time querido que deveria está no topo do futebol Brasileiro, se eu pudesse faria tudo para que o galícia volte a ser grande como sempre foi. porque a imprensa baiana não fala do galícia? fica permitindo a cair no esquecimento, vamos ajudar o galícia a subir, vamos fazer alguma coisa, buscar apoio da colônia espanhola, recurso financeiro, apóio de algumas empresas, da alta siciedade na Bahia, o Galía não deve permanecer como está, é um absurdo, se eu fosse um diretor do Galícia
    faria qualquer coisa ou todo tipo de divulgação, buscaria todo apoio.

  • http://deleted Renato Santos Pereira

    Se na imprensa baiana tivesse pessoas mais inteligentes e compromissadas com o futebol, não deixaria o galícia na situação que se encontra hoje, um grande clube demolidor de campeões, deve ter uma saída para levantar o galícia, onde está as grandes empresas espanholas e brasileiras, vomos lutar e buscar apoio, vamos levantar o galícia gente, o grande GALÍCIA-BA

  • juarez

    Eu nasci em Salvador na Bahia sou baiano e galiciano desde pequeno hoje tenho 50 anos e fico muito triste em saber que o galicia caiu no esquecimento, sofro bastante com isso, não se ouve falar mais neste time que coisa chata e rui.
    Gostaria de saber se meu time de coração está disputando alguma coisa capeonato qual a divisão e como esta a situação do Galicia não existe mais não participa de mais nenhum capeonato.

  • http://www.granadeiros.com Beto

    Oi, Juarez,

    obrigado por sua mensagem. O Galicia segue vivo, foi vice-campeao da Segunda Divisao do Campeonato Baiano 2007, mas infelizmente apenas o campeao subiu para a Primeira Divisao. Em 2008, o clube voltara a disputar a Segunda Divisao, tentando mais uma vez retornar à Primeira.

    A Segundona deve começar em julho.

    Acompanhe as noticias do time aqui no site Granadeiros Azulinos (http://www.granadeiros.com) e no site oficial do Galicia (http://www.galiciaec.com.br).

    Abraços,
    Beto Boullosa

  • http://www.gmail.com Manoel

    O Galícia é um time simpático ví ser roubado pelo Bahia em 1967 e ser campeão baiano em 1968. É o meu time de coração , entretanto, hoje sou torcedor do Vitória.

  • julio reis

    Eu sou galiciano desde minha infância aprende com meum pai que se chama arthur reis participou do galicia, e eu acho que o galicia como faz parte de uma colonia espanhola ´deveriamos procurar um time espanhol para negociarmos o galicia sem mudar seu nome.

  • valdemar valente

    Eu moro há vinte e cinco anos no Rio de Janeiro, mas nasci e vivi em Salvador, onde torço pelo Bahia. Mesmo sendo tricolor, não posso deixar de lembrar com saudades daquele timaço do Galícia do final dos anos sessenta, que foi campeão de 1968.
    Faço votos, de coração, que o Galícia volte a disputar grandes campeonatos e ocupe o lugar que ele merece e sempre mereceu entre as principais forças do futebol baiano.

    Valdemar Valente

  • Jose Tietre Machado Silva

    Sou sobrinho de um grande torcedor do Galicia, já falecido, Nivaldo Machado, ele sempre me dizia que umas das suas maiores alegrias, era ter excursionado com o seu time do coração, por alguns paises da Europa.
    Gostaria muito de um dia ver o grande demolidor de capeões disputando os nossos campeonatos.

  • http://WWWMEMORIASDAFONTENOVA.BLOGSPOT.COM Franklin Oliveira Jr.

    eSTOU DIVULGANDO ESTE SITE. pEÇO PARA TAMBÉM DIVULGAR O MEU BLOG SOBRE MEMORIAS DO ESTÁDIO DA FONTE NOVA

  • Fernando Carvalho

    Sou baiano de Salvador, torcedor do Galicia desde criança,moro em Vitoria-ES ha 28 anos.
    Lendo os comentarios sobre a decisão de 1968,bateu uma saudade muito grande, pois eu estava na Fonte Nova naquele dia acompanhado do meu Pai.
    Lembro-me de uma bandeira com um toureiro dando um ” OLE” no touro(mascote do Flu de Feira), isso ainda esta muito claro na minha mente.
    Abraços
    Fernando

  • nonato

    vamos voltar a ser demolidor de campeão.

  • http://www.boleirosdaaguarasa.com WALDEVIR BERNARDO

    Amigos do Bahia
    Estou procurando desde 2009 fotos do Bahia 1974 e 1975 em que esteja o zagueiro Fernando Silva.
    Veio do Vitória (foi campeão em 1972) e jogou no Bahia 1974/1975 (1975 foi campeão).
    Em 1976 e 1977 jogou no Fluminense de Feira – Se alguém tiver fotos do Fluminense que tenha o Fernando Silva eu também aceito.
    Em 1978 e 1979 jogou no Leônico.
    Parou de jogar em Maio/1980 devido a contusão.
    Já consegui fotos de vários times. Só falta do Bahia e no Fluminense de Feira.
    É para completar sua história no site do Milton Neves – TV. Bandeirantes – Que Fim Levou.
    Agradeço aos Amigos que puderem colaborar.
    Forneço a fonte.
    Waldevir – São Paulo/SP.
    Tel. (11) 2919-1364 – pode ligar à noite à cobrar que atendo.

  • http://www.granadeiros.com Beto Boullosa

    Waldevir, o site Granadeiros Azulinos contém informações sobre o Galícia, não sobre o Bahia. Tente procurar em sites ligados ao tricolor baiano.

  • Manoel Boulhosa Baqueiro

    Sempre “passeio” na internet lendo noticias e informações sobre o Galícia, e hoje entrei no site oficial do clube. Achei interessante sua subdivisão, mas fiquei particularmente chateado ao abrir a seção “HISTÓRIA” e perceber o quanto ela está pobre de informações. Só como exemplo, a ficha completa do campeonato de 68, que encontrei aqui, deveria estar lá, inclusive com uma reverência muito justa à última diretoria que conseguiu montar um time campeão. Aurélio Viana e meu pai, Raul Boulhosa, ainda hoje são sinônimo de Galícia em qualquer resenha desportiva decente. Qualquer radialista baiano que viveu a época pode atestar isso. Falar da história desse clube sem ao menos citar esses dois baluartes é fazer pouco caso da própria história. Como bom galiciano sugiro que apresentem uma seção mais encorpada, onde possamos saber, galicianos novos e velhos quem foram esses: Nova, Carapicú, Daruanda, Nervercinio, Alberto e Nouca, Louro, Curto, Pequeno, Novinha e Izaltino. E também poderiam pesquisar um pouquinho sobre Luzitano, Palmer, Cacuá, Palito e Reginaldo. Parabens ao Granadeiros Azulinos por realmente estar resgatando um pouco da nossa história. Sugiro que tentem uma entrevista com meus dois irmãos mais velhos, José Carlos e Raul Boulhosa Baqueiro. Eles viveram de perto aqueles anos em que meu pai esteve presente ajudando o Galícia a erguer seu troféu em 68. Acredito que até mesmo algumas fotos da época voces possam conseguir com eles para ilustrar mais seus arquivos. Saudações galicianas e um forte abraço.

  • http://www.granadeiros.com Beto Boullosa

    Caro, Manoel, obrigado pela sua mensagem! É sempre um prazer receber a visita de galicianos tradicionais como você. Com certeza seu pai é parte do patrimônio histórico do Galícia. Aqui no Granadeiros Azulinos tento resgatar um pouco a história do clube, formada por gente abnegada como ele e tantos outros. Para isso, conto com a colaboração de granadeiros como você, para que me mandem material, informações, fotos, etc., e assim ir sempre ampliando o acervo do site. Para isso, podem entrar em contato comigo através do email beto@granadeiros.com.
    Um abraço,
    Beto Boullosa